'projeto 6 on 6' | Inícios

quinta-feira, janeiro 07, 2016



[via Pinterest]

Tínhamos encontro marcado para hoje. Estão recordados? Pois bem, aqui está o primeiro tema do projeto "6 on 6" da Liga das Bloggers Extraordinárias: Inícios. Não poderíamos ter escolhido melhor começo para este desafio fotográfico, uma vez que acabámos de receber de braços abertos um novo ano. Anotaram todas as vossas resoluções para 2016 no vosso bloco de notas e concentraram todos os vossos pensamentos nas mesmas, no momento das doze badaladas, do fogo de artifício, do champanhe e das passas? Eu desejei sair do ninho, voar mais alto, ter desafios profissionais que me deixem completamente extasiada, desarmada e orgulhosa, comprar a minha Carrinha Mágica para fazer roadtrips com os meus amigos, partir à descoberta dos segredos escondidos dos Açores e regressar a Londres, cidade que há dois anos guardou um pedaço do meu coração. Inês, aqui vou eu!

A primeiro semana do ano foi inaugurada com duas propostas irrecusáveis: uma sessão fotográfica intimista com um fotógrafo que idolatro e uma colaboração com uma publicação feminina de renome. Por enquanto, ainda não posso revelar o nome do artista para quem irei pousar, nem o título da revista que me fez o convite. Tudo a seu tempo. Este mês conto-vos tudo ao pormenor, prometo. Estou tão ansiosa!

Deixo-vos com os meus registos fotográficos e com uma pequena história sobre cada um.


Início de um novo ciclo, no Porto

Em pleno mês de dezembro decidi ir celebrar o réveillon à cidade banhada pelo rio Douro. Embarquei no avião no último dia do calendário de 2015 e fiquei hospedada perto da Rua da Cedofeita. Não viajei com o intuito de visitar os monumentos históricos ou de passear de barco pela Ribeira, porque, verdade seja dita, já o tinha no passado e queria criar memórias ainda mais especiais. Neste sentido, tinha apenas um único requisito: entrar na livraria mágica que inspirou a escritora J.K. Rowling e a saga Harry Potter. É uma pena que ainda não tenham inventado uma forma de preservar o cheiro dos livros antigos num frasquinho. Tenho receio que deixemos o tempo levar consigo a magia que a leitura em papel transporta em si mesma. Lá, na Lello, não há espaço para muggles, os convidados de honra são os que têm palavras na ponta dos dedos. Para mim, ser turista em qualquer parte do mundo passa por vivenciar experiências inesquecíveis, lidar com as mais caricatas peripécias, sorver cada sensação única e, como não poderia deixar de ser, descobrir os melhores lugares para tomar uma refeição. No mapa que me acompanhou durante esta viagem, assinalei as moradas do Maria Bôla, da Mercearia das Flores, do Majestic Café, do Amarelo Torrada, do The Traveller Caffé e da Munchie. Mas isso fica para a próxima Rota dos Ventos.


Início dos Mimos de domingo de 2016

Depois das recomendações de vários amigos, elegi o Boteco da Linha, em São Pedro do Estoril, como primeiro destino para as minhas experiências gastronómicas de fim de semana. Provei os cogumelos salteados com bacon, coentros e queijo da ilha, o crocante de queijo de cabra, gengibre e mel, a sandwich de salmão fumado e o cheesecake de frutos silvestres. A decoração do espaço faz lembrar uma casa de praia, ainda que também existam vários apontamentos vintage, como os cadeeiros de mesa, as velas, os pratos de serviços distintos e as estantes. O ambiente, esse, é tão acolhedor que apetece ficar lá a viver para sempre. Daquela cozinha, oh my God!, saem verdadeiras obras-primas. Um conselho precioso: reservem a cama que adorna um dos cantos deste espaço de sonho. É imperdível!


Início de uma admiração eterna

A Ana Morais, mais conhecida como a  Anita dos 7 Ofícios, é uma luz que ilumina o meu caminho artístico. Inspirou-me a fotografar com a alma despida de ilusões, mas abraçada à nossa essência, a contemplar o mundo com os olhos do coração e a sentir na pele o poder imenso que uma ideia brilhante pode ter. Já sou seguidora do seu trabalho há alguns anos, mas o nosso primeiro encontro aconteceu apenas em outubro do ano passado, em Barcelona, aquando do convite da Fujifilm Portugal para o evento de apresentação das coloridas Instax Mini 70. Ela tirou-me uma fotografia com a sua câmara instantânea numa das viagens de autocarro e ofereceu-me essa recordação. Adoro-te, miúda dos cabelos cor de fogo. Reforço o meu pedido inicial: posso levar-te para casa? Ah, fiquem desde já saber que há uma colaboração a caminho. Stay tuned! 


Início do lema Slow me down

Sou jornalista e tenho uma profissão que considero demasiado acelerada. Na verdade, o dia a dia de uma redação é vivido num verdadeiro corropio, por isso acaba por existir uma necessidade acrescida de parar alguns minutos para respirar, espreguiçar e meditar. Recuperem o fôlego e não deixem a ansiedade levar a melhor. Experimentem acordar mais cedo: tirem quinze minutos da vossa manhã, coloquem uma música relaxante no quarto, fechem os olhos e afastem os pensamentos negativos da vossa mente. Se for possível, escolham um lugar que vos faça sentir bem, de preferência em contacto com a natureza. O bulício da cidade e a pressa constante para fazer tudo são inimigas da vida saudável. Acreditem que esta é uma batalha diária para mim. Deixo-vos uma sugestão: adquiram o livro Deixa-te de Amarguras, Para Imperfeitas (editora Planeta). Tem sido uma ajuda preciosa! E não se esqueçam de praticar exercício físico; é, sem dúvida, uma mais-valia para o cérebro e para o corpo.


Início de uma manhã e da leitura de um livro

Como muitos de vós já sabem, o pequeno-almoço é a minha refeição favorita do dia. Ao fim de semana gosto de caprichar nas receitas, experimentar novas combinações de sabores e de ingredientes, e de deixar o estômago completamente aconchegado. O meu novo vício? Comer torradas com manteiga de amendoim e banana em pão de centeio. Para acompanhar e tornar tudo ainda mais perfeito? Uma caneca de leite de amêndoa da Alpro ou uma chávena de chá de Tília (o meu preferido, talvez por fazer ecoar o nome da minha avó, Otília), e, claro, um livro. O que seria da minha vida sem um companheiro de viagens físicas e interiores? Esperei tantos meses por ti, Flores. E agora formaste lar na minha mesa de cabeceira e, preenches os meus sonhos com essas tuas frases simples e melodiosas. Mil obrigadas por seres tão certeiro, Afonso Cruz.


Inicio de um novo ano num bloco de notas

Encontrei a agenda dos meus sonhos ainda durante o mês de dezembro, em promoção na Fnac. Ofereçam-me um Moleskine e sou uma mulher feliz! Esta versão é de capa mole, mais profissional, e, do lado direito, é possível escrever alguns apontamentos. Eu optei por reunir algumas frases de inspiração para 2016 na primeira semana do ano. A melhor fonte? O Pinterest, obviamente! "Nas tuas mãos nasce a liberdade", "And so, she decided to start living the life she'd imagined" e "Enjoy life" são apenas algumas das citações que pincelam os meus dias de cor, de alento e de motivação. Tenho feito uma compilação diária, que prometo partilhar convosco pelo Instagram. 

Não se esqueçam de passar pelos cantinhos das bloggers mais fantásticas:

You Might Also Like

6 comentários

  1. Que fotos maravilhosas, Joaninha! E tão bem acompanhadas pelas tuas palavras. Gostos especialmente das três primeiras. Que cores!

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Joaninha voa voa! Um grande beijinho

      Eliminar
  2. Não és só a menina do vento, és também a menina das palavras e detalhe. Devias ser escritora de livros!! Tinhas uma vida bem mais tranquila e aposto que serias uma best seller em 3 tempos.

    Nos teus posts encontro sempre tanta semelhança comigo... Amo a livraria lello, o pequeno almoço e a minha refeição preferida, sempre que encontro um café vintage vou la lanchar, os meus cadernos preferidos são Moleskine e também escrevo sempre frases inspiradoras no diário ou caderno :) joaninha fomos separadas a nascença hehe

    Mal posso esperar para ver o próximo 6 on 6 com toda a tua descrição imensamente maravilhosa.

    ResponderEliminar
  3. Adorei as fotografias! Acho que não tenho uma favorita - gosto mesmo de todas. E, como sempre, acompanhas com um texto excelente, que simplesmente eleva o restante conteúdo. És jornalista mas a verdade é que nem todos têm esse teu dom da palavra. Sublinho o que a Marta disse, espero que o aproveites e um dia o transformes num belo romance! :)

    http://aondenaoestou.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. O teu IG já é canto especial de inspiração e admiração da minha parte! É um prazer seguir-te por lá e admirar as coisas bonitas que partilhas. Tal como a Anita, que também me faz suspirar e inspirar a cada partilha! Agora tive tanta pena de não te ter encontrado no Porto...é que ainda por cima andámos nos mesmos sítios e tudo! <3

    ResponderEliminar
  5. Estou a ser repetitiva, mas tens mesmo o dom da palavra Joaninha! :) E as tuas fotografias? Lindas lindas! Gostei especialmente da fotografia da tua manhã de leitura. Fizeste uma excelente composição e as cores estão mesmo bonitas.

    Já estou ansiosa para ver próximo 6 on 6 :D

    ResponderEliminar