que tal um treino com a Francis Elias, na Malo Clinic Sports?


Alguma vez vos confidenciei que fui atleta federada de ginástica acrobática durante 11 anos da minha vida? Que o trampolim teimava em projetar-me em direção ao infinito e que eu não sofria de um problema de expressão, mas que tinha apenas uma certa tendência para usar termos como "rondada flick mortal", "barani" ou "diamidov"? Além disso, digam-me: já partilhei convosco que pratiquei basquetebol, voleibol, futebol, salto em altura, corta-mato e hidroginástica? Ah, e que a minha bicicleta torna-se uma resmungona de primeira apanha sempre que fica demasiado tempo sem sair à rua? Ela é intolerante ao pó (modernices da Widget, como é carinhosamente apelidada!). Sim, é verdade. Nunca consegui parar quieta, não fosse eu uma mulher geminiana nata. O meu corpo precisa de ser constantemente bombeado com energia e, o meu espírito almeja ser drenado com tranquilidade e equilíbrio.


Após esta entrada em jeito de "meu querido diário", queria apresentar-vos a minha zuquinha favorita e que, por sinal, é a minha personal trainer: a Francis Elias. Sorridente, tolerante e motivadora, este furacão do Rio de Janeiro não brinca em serviço nos nossos treinos personalizados. E sabem como nos conhecemos? Na apresentação do livro da inspiradora Teresa Manafaia, Perder a Barriga Sem Fazer Abdominais, graças ao amável convite da editora Manuscrito. A empatia foi imediata e o desejo de espalharmos boas vibrações fez-se crescente dentro de nós. 



Queremos que se juntem a nós, que abanem o vosso esqueleto, que se sintam vivos e, que façam sempre o melhor pela vossa saúde física e mental. Apostem na "comida feliz", aquela que vos derá força e que vos deixará saciados durante todo o dia. Bebam bastante água, tenham sempre uma peça de fruta à mão e não vivam sem os nutrientes indispensáveis dos legumes. Eu, por exemplo, não consigo sair de casa sem o meu sumo verde matinal, um pacote de batata doce biológica desidratada ou uma tupperware com cenoura cortada em palitos. E claro que ao pequeno-almoço não pode faltar uma tigela de papas de aveia com maçã verde, canela e bebida de coco. Confesso-vos também que evito ao máximo ingerir carne, mas que, ainda assim, não consigo resistir a alguns produtos de origem animal, nomeadamente os ovos e o kéfir




Quando a alimentação saudável é aliada ao desporto, o nosso organismo fica ao rubro e, claro, irá agradecer-nos esta combinação num futuro próximo. Na minha primeira aula com a Francis realizámos uma avaliação física, para definirmos o plano de treinos mais adequado à minha forma de viver. Constatámos que era necessário aumentar a minha massa muscular, fortalecer a minha musculatura, aliviar as minhas dores posturais cervicais e lombares com exercícios de CORE (quem te manda a ti ser jornalista e ter uma secretária como poiso habitual, JJ?) e melhorar o meu condicionamento físico. Para tal, a minha personal trainer recomendou três ingredientes-chave, um trunfo que devemos guardar sempre na manga: empenho, dedicação e diversão; claro que segui a receita prescrita à risca. 

Passando à prática, eis o que começo por fazer mal piso o pavimento da Malo Clinic Sports. Faço um curto aquecimento, de apenas cinco minutos, no remo ou na passadeira; e, de seguida, aventuro-me nas extensões de pernas, nas flexões de braços, nas aberturas com halteres deitada num banco, nas pranchas frontais com os cotovelos no chão e nas pranchas laterais. Três séries em cada circuito, 12 a 15 repetições. Falo-vos de um conjunto de exercícios que, inicialmente, podem parecer assustadores, mas que, no fim, dão-vos a merecida recompensa: um corpo são, uma mente em paz e um espírito livre. 


E eis que chegámos à parte mais relaxante do treino intenso: os alongamentos gerais. Fazer sozinha é, neste momento, uma hipótese que não coloco em cima da mesa. As minhas articulações, os meus músculos e, de alguma forma, os meus ossos agradecem o poder das mãos da Francis. É neste momento que o estalido que se faz ecoar na sala acusa a quantidade de horas que passo sentada em frente ao computador. Não deixem que este se torne um hábito recorrente: se têm um emprego propenso ao sedentarismo, levantem-se para esticarem as pernas, espreguiçarem-se, meditarem, encherem a vossa garrafa com água, prepararem um chá; ou somente para respirarem um pouco. Faz-nos imensa falta - devíamos lembrar-nos disso mais vezes.


Assim que chego a casa gosto de preparar um delicioso batido pós-treino. Não tenho uma fórmula mágica e a simbiose de ingredientes acontece como que por magia. Há uma receita da qual gosto particularmente e que surgiu nos meus pensamentos numa noite quente de verão: meloa, bebida de amêndoa, uma colher de sopa de iogurte vegan de coco (os da Harvest Moon, à venda no Celeiro, são os meus favoritos), bagas de goji, sementes de chia e noz moscada. Vai tudo para dentro da minha liquidificadora da Philips e et voilà!

---
Vá, do que estão à espera para irem atrás desta Wonder Woman?

Francis Elias Personal Trainer
Av. dos Combatentes 43A, 1600-042 Lisboa
Telefone: 21 722 8100
Horário: Aberto hoje · 07:30–21:30

Sem comentários:

Enviar um comentário

Instagram