desliga o complicómetro e abraça a serenidade


"Ama-te e respeita a tua essência, a tua autenticidade e todas as escolhas que vêm do teu coração. Se o fizeres, saberás que o apego é uma consequência de uma tremenda falta de amor por quem és e pelo que tens direito a ser, e esse apego vai fazer com que tu sejas com o outro exatamente o mesmo que és contigo próprio - ninguém! É isso mesmo, leste bem, NINGUÉM! Quando não te amas e não te respeitas, tu não sabes quem és, por isso és ninguém; e quando pedes que o outro deixe de ser, ele vai, a certa altura, perder a identidade, vai deixar de saber quem é e, por isso, será igualmente NINGUÉM."

Rute Caldeira em "Simplifica a Tua Vida" (Manuscrito Editora, 2017)

Hoje estarei na companhia da minha Deusa da Luz, no evento "Ser Mulher - Encontro no Feminino", em Colares. Envolvida pelo cheiro a maresia e pelo misticismo da gélida serra de Sintra, nós, Amazonas do bem, criaremos um cordão de amor, auto-estima, gratidão e mudança. 

Em plena comunhão com a Mãe-natureza partilharemos, ao relento, a nossa inabalável energia e meditaremos em uníssimo, trazendo a nossa força interior de volta ao coração. A Whitney transformou-a em música e elevou a nossa garra ao absoluto: "Learning to love yourself it is the greatest love of all."

Sejam livres, brisas. Sempre.

4 comentários:

  1. Minha querida Joana, Dá vontade de sair correndo para ir ao encontro dessa vossa energia. Mas eu sei que é preciso encontrá-la dentro de mim...
    Beijinho grande e fico tentada a ir ler esse livro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, meu amor. E tu tens essa energia dentro de ti. Temos de agendar um retiro de harmonia. Mil obrigadas pela tua visita ao meu cantinho. Beijinho ❤

      Eliminar
  2. Que post tão bonito, Joana :)

    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico tão, mas tão feliz com a tua visita. Adoro o teu Instagram! (:

      Eliminar

Instagram